O foguetório da madrugada acordou a cidade às 4 da manhã, era o anuncio de um dia festivo pelos 24 anos de emancipação política de Saubara. Em frente ao paço municipal, após o hino nacional e o hasteamento da bandeira, alunos de várias escolas fizeram apresentações de dança, poesia e música. Os alunos do Centro Educacional Manoel Castro (CEMAC), encenaram uma peça teatral descrevendo de forma lúdica o fim do casamento entre Saubara e Santo Amaro da Purificação, em 1989.

Foi à separação de marido e mulher, onde o marido opressor (Santo Amaro) tentou proibir que sua esposa (Saubara) fosse viver em liberdade. O evento contou com a participação de representantes de diversos seguimentos da sociedade. Não faltaram os parabéns, tocados pela Filarmônica São Domingos de Gusmão e um bolo de quase seis metros.

Durante o discurso, o prefeito do município, Capitão Joelson, destacou a importância desta data e renovou o compromisso de cuidar das pessoas. Ele fez a entrega do fardamento dos primeiro alunos do Pronatec  e deu uma boa notícia aos servidores municipais: cinquenta por cento do salário para o dia 20, e anunciou um calendário que antecipa o décimo terceiro salário, de acordo com a data de aniversário. Logo após o ato cívico foi celebrado uma missa na Igreja São Domingo de Gusmão.

Fonte: Ascom Prefeitura de Saubara